Siga o copo

PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Com mais de 20 novos rótulos na pandemia, cervejaria inova e anima mercado

Juliana Simon

18/10/2020 04h00

No desânimo da quarentena, a UX Brew animou o mercado e o paladar (Crédito: Thiago Monteiro)

Entre pessimistas e resilientes, tem quem enxergue este momento pandêmico com um tanto mais de otimismo – e sabor. Foi com enorme surpresa que, nestes looongos meses de isolamento, vimos chegar ao mercado cervejeiro não uma, nem duas, mas mais de 20 criações da UX Brew – um dos braços da StartUp Brewing Co, de Itupeva (SP).

Em papo com Siga o Copo, os sócios André Kunrarth e André Franken revelam que de um cenário de crise surge inovação, muita inovação.

Veja também

Diante das promoções de outras cervejarias e das fábricas paradas, com menos produtos no mercado, ao lado do novo comportamento dos consumidores – em casa e com mais tempo – a ideia foi entregar cervejas como uma experiência.

"A intenção é trazer mais entretenimento, questionamentos, sabores diferentes dos que estamos acostumados. Neste momento, acreditamos que a criatividade ajuda a espairecer os momentos mais carregados."

Dessa vontade de inspirar surgiu, por exemplo, a  linha da "Quarantine#", que já conta com quatro rótulos. "Quando acabar esse período, acaba essa linha. E assim seguimos, olhando as situações e inventando novas cervejas", garante a dupla, que quer mais é olhar pra frente.

Ousadia cervejeira

As Acid Rain com frutas (Crédito: Thaigo Monteiro)

Além de estar se saindo bem, como poucos, a cervejaria tem deixado marcas nas boquinhas cervejeiras: não tem como ignorar a variedade e ousadia de estilos. Surgiram equilibradas NEIPAs (não sabe o que é? Vê aqui) com aveia, suaves Sours com frutas diversas, RIS inesquecível (NUTS!!!!!) e até coisas "de outro mundo", como Pastry Sour IPA.

"Por que não sair da linha? Que linha é essa?", questionam os Andrés, que filosofam:

"Observamos que existem os nichos em várias ondas, a dos beergeeks, a dos beerlovers, a dos entusiastas, a da moda, a do tradicional. O que querem esses consumidores? Será que a responsabilidade é do bebedor de cerveja, é ele quem precisa procurar por algo novo? Ou das cervejarias e mercado de serviço, em apresentar essas tendências, criando ou trazendo de outros universos, da tecnologia a gastronomia?".

O movimento, garantem, é sempre apresentar uma cerveja melhor do que a anterior. E de quebra "roubar" apreciadores de outras bebidas.

"Aumentar a curiosidade de alguém que bebe vinho e curtiu uma cerveja leve e frisante com uva verde. Ou então consumidores da terceira onda do café, que gostam da presença de sabores tostados e com notas de café e cacau".

Lúpulo tem mais de uma vida

Cervejas do projeto Trub Sessions (Crédito: Thiago Monteiro)

Nem só de (muitos) lançamentos vive o burburinho sobre a cervejaria.

Sob o projeto Trub Session, estão sendo desenvolvidos rótulos que fazem uso do reaproveitamento de lúpulo – Trub Session #1 (Session NEIPA) e Trub Session #2 (Juicy IPA), da UX Brew, e na Session IPA, da Unicorn.

A técnica consiste em retirar os lúpulos que foram usados no processo de dryhopping de uma cerveja muito lupulada. A massa vegetal, que ainda concentra de alta carga de aroma, é reutilizada em uma segunda receita que precisa de menor carga de lúpulo.

"Agora é trabalhar para levar essa técnica para outras cervejas na fábrica e até outras cervejarias. Não guardamos segredos"

Meninas dos olhos

Entre tantas novidades, algumas produções se destacam nas panelas e corações do sócios: a Lunar Eclipse, que ganhou medalha ainda este ano no Festival Brasileiro, e a linha de Russian Imperial Stout que surgiu com ela. As Nuts!!!!!, West Trends, Acid Rain Uva Verde e a Trub Sessions também surgem como as novas queridinhas.

E quais estilos pretendem experimentar no futuro? "Ainda vamos descobrir e estamos animados com as possibilidades".

COMO ESTAMOS BLOGUEIRANDO? Críticas, elogios, sugestões, desabafos? Aceitamos em Instagram Untappd.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

Juliana Simon é jornalista do UOL, sommelière de cervejas, mestre em estilos e especialista em harmonização pelo Instituto da Cerveja Brasil.

Sobre o blog

O Siga o Copo é espaço para dicas, novidades e reportagens para quem já adora ou quer saber mais sobre o universo cervejeiro e de mais bebidas.