Siga o Copo

Topo
Siga o Copo

Siga o Copo

Cerveja com mel é tão variada que pode conquistar até os mais "amargos"

Juliana Simon

17/09/2019 11h40

(Crédito: Bruno Kelzer/Unsplash)

"Eu não gosto de cerveja com mel". E sim, meio bar ouviu esta blogueira esbravejar ao copo de sua primeira Honey Dew, da tradicionalíssima inglesa Fuller's, há uns bons anos.

Chegou a hora de acabar com essa birra e aprender que cerveja com mel leva muito mais no copo que um gosto adocicado e que a variedade de estilos que levam esse toque doce é tão grande que não dá para mostrar a língua sem saber do que se trata.

Veja também

Como toda implicância na vida, a gente precisa sempre de um empurrãozinho para varrer os mitos para fora da cabeça e dos copos. Desta vez, foi o projeto da Colorado para salvar abelhas nativas e a chegada ao mercado de mais uma cerveja com um pé na colmeia.

Appia, é você?

Não como a que conhecemos….e essa é a primeira pergunta que muita gente vai se fazer com o novo e sétimo rótulo da linha "Brasil com S" da cervejaria de Ribeirão Preto.

O estilo é Honey Ale e leva mel de abelhas nativas como Mandaçaia, Jataí, Uruçu e Tiúba. Serão quatro opções com aroma frutado, dulçor aparente, 17,5 IBU e… 8% de teor alcoólico. (Pega essa, galera). Com edição limitada, o novo rótulo será vendido em chope, nos Bares do Urso e na Toca do Urso, e em garrafa, no site do Empório da Cerveja, no Bar do Urso e na Toca do Urso.

Senta que lá vem a sommelière

Dentre os dois principais guias cervejeiros do mundo – o da Brewers Association e o do Beer Judge Certification Program – aparece lá no meio das Specialty Beers as Honey Beers e nem adianta criar muita regra porque até os caras mais criteriosos da cerveja mundial são super flexíveis com o subestilo.

Pode ser baseada em um estilo tradicional ou experimental, desde que leve o acréscimo de mel. Amargor pode ser inexistente ou altíssimo. Teor alcoólico pode ir de 2,5% a 12%!

Quero "mé" no "mé"

Além da novidade da Honey Ale Colorado, temos pelo menos mais três rótulos de cervejas com mel no mercado:

A já citada Appia, também da colorado, uma cerveja de trigo com mel de 10 IBU e 5,5% ABV;

a também citada Honey Dew, da Fuller's, uma English Golden Ale de 17,5 IBU e 5% ABV;

e a Pedrita, da Tibaya, outra Honey Ale, com 5,2% ABV.

Já dá muito zangão perder o medo de cair de amores por uma cerveja doce sem exageros.

COMO ESTAMOS BLOGUEIRANDO? Críticas, elogios, sugestões, desabafos? Aceitamos em InstagramFacebook e até no Untappd.

Sobre a autora

Juliana Simon é jornalista do UOL, sommelière de cervejas, mestre em estilos e especialista em harmonização pelo Instituto da Cerveja Brasil.

Sobre o blog

O Siga o Copo é espaço para dicas, novidades e reportagens para quem já adora ou quer saber mais sobre o universo cervejeiro e de mais bebidas.