menu
Topo
Siga o Copo

Siga o Copo

Lá vem o lúpulo de novo: temperinho agora chega em forma de café

Juliana Simon

07/11/2018 08h39

Se achou que lúpulo não ia ser mais tema de post por aqui, ACHOU ERRADO 🙂

Depois da cerveja, água, kombuchá, até mesmo o café já caiu de amores pelo "temperinho". A novidade vem direto de Curitiba: o barista Marcelo Franck, da Franck's Ultra Coffee, desenvolveu uma linha de cafés lupulados.

(Crédito: Andrei Pacher)

"A ideia surgiu quando estava fazendo cerveja em casa. O aroma frutado dos lúpulos nobres era tão agradável e intenso que pareceu relativamente fácil transferir essas características para os grãos de café", diz Marcelo.

Veja também

Os grãos da linha são infusionados a seco com lúpulo Centennial em flor. O processo é realizado antes e depois da fase de torra. O resultado é uma bebida com aroma e sabor com traços florais e cítricos (que lembram limão e tangerina). "Já utilizamos outros tipos de lúpulos nobres, porém para produção com maior consistência a disponibilidade do Centennial acaba sendo uma das melhores opções", explica o barista.

Prepare seu copo. Digo, xícara

Segundo Marcelo, o café lupulado não está restrito a momentos gourmet. "Ele pode ser consumido no dia a dia, principalmente em métodos coados. Não recomendamos expresso ou aeropress devido a extração exagerada dos óleos da lupulina", indica.

Para harmonizar, nada como um queijinho de variedades mais suaves e amanteigadas como queijo cottage, brie ou camembert.

(Crédito: Andrei Pacher)

Café cervejeiro

Estilos de cerveja, como Porter e Stout são frequentemente comparados com café por contarem com malte de tosta intensa. Enquanto o primeiro deve lembrar um café coado, o segundo puxa mais para a intensidade de um expresso. A referência com o café lupulado, portanto, é inevitável e Marcelo conta como ele pode ficar ainda mais próximo de uma cerveja: "A semelhança se aproxima especialmente se for feito uma extração do tipo cold brew com moagem bem grossa", diz.

(Crédito: Andrei Pacher)

Se quiser tentar em casa, o barista entrega uma receita de café gelado: 100g de moagem super grossa para 1L de água, 4h de extração em temperatura ambiente e 10h de geladeira. Depois filtrar retirando com uma concha por cima, não mexer o café decantado e descartar o que ficou no fundo.

(Crédito: Andrei Pacher)

Onde encontrar

Espresso Station (Avenida Anita Garibaldi, nº 775, no bairro Ahú) ou pela linha via e-commerce da marca (www.fuc.com.br), com entre em todo país, ou em cafeterias e empórios parceiros. O pacote de 250g é comercializado por R$ 45.

COMO ESTAMOS BLOGUEIRANDO? Críticas, elogios, sugestões, desabafos? Aceitamos em InstagramFacebook e até no Untappd.

Sobre a autora

Juliana Simon é jornalista da Universa, sommelière de cervejas, mestre em estilos e especialista em harmonização pelo Instituto da Cerveja Brasil.

Sobre o blog

Representando quase metade do mercado consumidor da cerveja, as mulheres estão conquistando espaços inéditos neste mundo. Seja como mestres cervejeiras, sommelières, “confrades” ou apaixonadas pela bebida mais popular do Brasil e do mundo. É o espaço para dicas, novidades, provocações e reportagens descontraídas para quem já adora ou quer saber mais sobre este universo.