Siga o Copo

Monja “mãe do lúpulo” é mais uma a provar que cerveja é coisa de mulher

Juliana Simon

07/03/2018 11h18

Hildegard von Bingen

Monja beneditina, mística, teóloga, compositora, pregadora, naturalista, médica informal, poetisa, dramaturga, escritora, primeira a descrever o orgasmo do ponto de vista feminino e santa. Anote o nome desta loucura de mulher: Hildegard von Bingen.

E o que cerveja tem com isso? A linda ainda foi a primeira a descrever as propriedades científicas do lúpulo, o temperinho mágico, o querido dos aromas e conservante da cerveja.

Veja também

Nascida em 1098, onde hoje é a cidade Frankfurt, na Alemanha, Hildegard tem como um de seus importantes trabalhos o Liber Subtilitatum Diversarum Naturarum Creaturarum, que em sua segunda parte Physica, descreve as qualidades conservantes da florzinha da trepadeira quando adicionada à cerveja.

Além disso, ela já descreve a capacidade calmante do produto, capaz de relaxar o sistema nervoso e ajudar no sono, por exemplo.

Mais tarde, ela também falaria sobre a cevada e seus benefícios para o estômago e intestino.

Recentemente, ela foi homenageada por cervejarias brasileiras! A Cervejaria Dádiva, em parceria com a Titobierveja, criou a Imperial Pilsner Hildegarda, leve no gole e potente no álcool (8,1% ABV), bem ao estilo da nossa santa mais amada.

A monja morreu em Rupertsberg em 1179, aos 81 anos, muito bem vividos graças, esperamos, ao estudos de cerveja.

Sobre a autora

Juliana Simon é jornalista da Universa, sommelière de cervejas, mestre em estilos e especialista em harmonização pelo Instituto da Cerveja Brasil.

Sobre o Blog

Representando quase metade do mercado consumidor da cerveja, as mulheres estão conquistando espaços inéditos neste mundo. Seja como mestres cervejeiras, sommelières, “confrades” ou apaixonadas pela bebida mais popular do Brasil e do mundo. É o espaço para dicas, novidades, provocações e reportagens descontraídas para quem já adora ou quer saber mais sobre este universo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Universa
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Topo