Siga o copo

PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Na Itália de lá e daqui: cervejaria faz o “beba local e leve para o mundo"

Juliana Simon

12/11/2018 09h19

(Crédito: Instagram)

Entre promover cultura cervejeira em um bairro tradicionalíssimo de São Paulo e levar sua paixão cervejeira para receitas animadas do outro lado do Atlântico, a Cervejaria Daoravida escolheu as duas.

Cervejeiro da marca de Campinas, Wagner Falci contou ao Siga o Copo as frentes de conquista de novos públicos para a cerveja brasileira.

Beba local, mêo

Local onde muito se bebe e quase tudo se encontra em termos de cerveja, São Paulo já tem um eixo-cervejeiro de peso na região de Pinheiros.

Foi fugindo de um público óbvio e procurando outros ares que a Daoravida cravou pés em um novo taproom na Mooca – um dos bairros mais tradicionais da cidade, conhecido por seu italianado jeitinho, acolhimento e simpatia.

Wagner, Michele e Ricardo, os sócios da Daoravida (Crédito: Daniel Gallo)

Poucas e ótimas torneiras de criações próprias, atendimento com moquenses da nata, parceria com empresas do bairro e frequentadores que simplesmente colam no balcão para conhecer o pequeno espaço que surgiu no coração do bairro.

(Para quem procura mais pegadas cervejeiras "fora do eixo" Pinheiros, fica a dica de outros lugares em São Paulo: a unidade da Mooca do Cateto; a Casa Avós (que voltou depois de reforma), na Vila Ipojuca; o Soul Botequim, na Cidade Monções-Brooklin; Capitão Barley, na Água Branca; e Tarantino Cervejaria, no Limão)

No painel de torneiras, a "não é pilsen" Canela Fina chama atenção e revela as intenções do local. "Muitos chegam aqui e só leem pilsen. Depois que percebem que 'não é pilsen', começa a conversa sobre as outras muitas opções para quem gosta de cerveja", conta Wagner.

 

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por daoravidanamooca (@daoravidanamooca) em

Em quatro meses de bar em Campinas e uma semana em São Paulo, as expectativas de animar a cultura cervejeira para "não iniciados" e entusiastas são enormes.

A Itália de lá

Da Mooca para a cidade de Parma, a Daora levou este ano, pela segunda vez, a cara de Brasil para Birrificio Del Ducato – uma das cervejarias mais prestigiadas da Itália e da Europa.

O dono da marca, Giovanni Campari, se apaixonou pela Juicy Session IPA MININE e surgiu o convite para colaborativas, como a Brazilian Juicy IPA Akaya com cajá, em agosto de 2017.

Este ano, mais uma viagem gerou a Uruvaia, do mesmo estilo com lichia em parceria com a Ducato; uma Juicy Session IPA com Graviola e limão siciliano com a La Fucina (Pescolanciano); uma Catharina Sour com goiaba e côco com a Babylon (Villa Pigna); uma Belgian Tripel com a Terre di Faul (Viterbo); uma Brut IPA com acerola com a Busa dei Briganti (Padova); outra Brazilian Juicy Ipa com cajú com a Oltremondo (Codogno); e uma Stout com mix de pimentas brasileiras defumadas com a Birrificio di Legnano (Legnano).

Deu até para dar um pulinho na Ucrânia, onde a Daora brassou uma Catharina Sour com uva, com a Varvar, uma das 30 cervejarias artesanais do país.

Nós daqui, eles de lá: todos juntos

E quem pensa que a Itália enfrenta menos desafios por estar lá no G7, se engana. Terra de vinhos, que só pagam um imposto comercial, o país ainda engatinha para espalhar as cervejas pela bota.

Atualmente a Itália possui aproximadamente 650 cervejarias independentes e algumas estão conquistando cada vez mais espaço.

Ainda assim, é também região de cervejeiros curiosos e parceiros, como conta Wagner. E assim ajudam a dar aquela força para os brasileiros que também se animam com receitas fora da tradição. Como a Daora, outras cervejarias queridas dos artesanais, como Dádiva e Avós, estão espalhando o nome e a criatividade brazuca em parcerias. O resultado Wagner crava:

"A cerveja brasileira está ganhando público e respeito"

COMO ESTAMOS BLOGUEIRANDO? Críticas, elogios, sugestões, desabafos? Aceitamos em InstagramFacebook e até no Untappd.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

Juliana Simon é jornalista do UOL, sommelière de cervejas, mestre em estilos e especialista em harmonização pelo Instituto da Cerveja Brasil.

Sobre o blog

O Siga o Copo é espaço para dicas, novidades e reportagens para quem já adora ou quer saber mais sobre o universo cervejeiro e de mais bebidas.