menu
Topo
Siga o Copo

Siga o Copo

All that beer: o que Chicago tem feito pelas cervejas artesanais

Juliana Simon

26/09/2018 14h30

Em um curioso mapa publicado por Bart Watson, da Brewers Association, a expansão de cervejarias nos EUA é de dar gosto – e sede, e wanderlust (aquela vontade doida de viajar).

Entre os pólos-cervejeiros-desejo está 

Entre alguns nomes queridinhos que nasceram na cidade estão a Goose Island, Lagunitas e a Revolution – com quem o Siga o Copo bateu um papo por email.

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Goose Island Beer Co. (@gooseisland) em

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Revolution Brewing (@revbrewchicago) em

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por The Lagunitas Brewing Company (@lagunitasbeer) em


Josh Deth, dono Revolution Brewery, que existe desde 2010 tem visto cada vez mais cervejarias surgindo na cidade, mas não se trata só de números, como de variedade.

"Há de tudo, desde estilos clássicos alemães até as últimas tendências. É um tempo maravilhoso para ser um bebedor de cerveja em Chicago".

Josh, seu guia em Chicago e na Revolution Brewery

Vai para lá? Anote as imperdíveis

Entre as favoritas de Josh na Revolution estão a Anti-Hero IPA, e duas que você só encontra em Chicago: a Pale Ale Fist City e Rev Pils. Mas indica outras, como as criações da Half Acre: a Pale Ale Daisy Cutter, a Extra Pale Ale Tuna e a Know Place hoppy Lager.

Quem procura variedade em um só lugar, Josh indica a Maplewood. Quem busca tradição e receitas corretas de lagers, a Dovetail. Para os caçadores de novidades e ousadias, a Marz Community Brewing.

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Maplewood Brewery & Distillery (@maplewoodbrew) em

 

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Dovetail Brewery (@dovetailbrewery) em

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Marz Community Brewing Co (@marzbrewing) em

"Se você está visitando Chicago, seu maior problema é conhecer todas as opções", brinca Josh.

Orgulho local

"Beber local" faz muito sentido quando se fala de Chicago. E não é só produtos da cidades, como de cada um dos bairros.

"Isso faz as comunidades locais serem vibrantes, excitantes e sempre envolvidas", conta Josh.

O resultado em cerveja – como em tudo mais – é exemplares cheios de história e com "selo Chicago de paixão cervejeira". Bonito, né?

Para quem se interessou em fazer essa vida cervejeira em Chicago, o site oficial de turismo da cidade oferece muitas informações, como o calendário de festivais, itinerários de bares por regiões e relação completa de lugares-sonho para você fazer sua visita de acordo com sua sede 😉

Quer acompanhar tudo sobre este blog e o mundo das cervejas e mais? Segue a gente no Instagram (@sigaocopo) Facebook e Untappd

Sobre a autora

Juliana Simon é jornalista da Universa, sommelière de cervejas, mestre em estilos e especialista em harmonização pelo Instituto da Cerveja Brasil.

Sobre o blog

Representando quase metade do mercado consumidor da cerveja, as mulheres estão conquistando espaços inéditos neste mundo. Seja como mestres cervejeiras, sommelières, “confrades” ou apaixonadas pela bebida mais popular do Brasil e do mundo. É o espaço para dicas, novidades, provocações e reportagens descontraídas para quem já adora ou quer saber mais sobre este universo.