Siga o Copo

Cervejas de verão parte 2: leve e temperada, witbier é a cara do calorão

Juliana Simon

05/02/2018 10h06

 

Se você não conhece as “branquinhas” da cerveja, prepare-se: é mais do que um amor de verão.

Uma cerveja de trigo, casca de laranja curaçao e sementes de coentro fazem parte de um dos estilos mais queridos pelos já “convertidos” à cerveja artesanal – e é um primeiro passo suave e delicioso para quem ainda não tem tanta afinidade com o mundo fora das American Lager.

Produzida há mais de 400 anos na Bélgica e resgatada nos anos 50, as witbier (ou bière blanche – cerveja branca) são tranquilíssimas de tomar: amargor baixo e teor alcoólico que não passa de 5,5%.

O temperinho cítrico e condimentado ganhou variações pelo mundo, com toques de outras frutas como limão e acerola, e tem versões ultra refrescantes e bem saborosas das cervejarias brasileiras.

De beber e para comer

Essa é a menina dos olhos do estilo e uma das chaves para tornar o estilo um dos mais bacanas para harmonizar. Saladas, peixe branco, queijo de cabra, ricota, risoto al limone, salmão, ostras…todos ganham um brilho a mais com a witzinha.

(Uma das sugestões mais alardeadas – que para esta blogueira nunca funcionou muito – é feijoada com wit. Apesar da fatal briga de peso pesado que leveza cervejeira, dizem que é a tal “laranja” que o nosso prato típico pede. Então tá bom 🙂 ).

Veja witbier nacionais e importadas disponíveis no mercado:

Witamina, da Doktor Bräu

A Witamina além de semente de coentro e casca de laranja, tradicionais do estilo witbier, leva também flores de camomila e erva cidreira em sua composição. Preço sugerido: R$ 24,90 (500 ml). Onde encontrar: www.cervejariavirtual.com.br

Witbier, da Lund

Alta refrescância e drinkability e teor alcoólico de 4,2%. Preço sugerido: R$ 19,90 (garrafa de 600 ml). Onde comprar: www.cervejarialund.com.br

Vedett Extra White, da Duvel Moortgat

Extremamente refrescante, com notas cítricas, levando em sua composição sementes de coentro e casca de laranja curaçau. Preço sugerido: R$ 16,90 (garrafa de 330 ml). Onde comprar: supermercados como Pão de Açúcar, Carrefour, Záffari, lojas especializadas em cerveja. Bares e restaurantes como Empório Alto dos Pinheiros, Ici Brasserie, The Blue Pub, Barbearia Corleone, etc.

Witbier, da Valkyrja

Possui aroma condimentado proveniente das sementes de coentro e com notas cítricas das cascas de laranja. No paladar corpo médio-baixo, com alta carbonatação e suave amargor. Preço sugerido: R$ 28,98 (garrafa de 310 ml). Onde comprar: www.wbeer.com.br

Witbier, da Baden Baden

Uma cerveja de trigo não filtrada com adição de cascas de laranja e um leve toque da semente de coentro. Uma combinação refrescante que costuma agradar aos mais diversos paladares. Preço sugerido: R$ 20,60 (garrafa de 600 ml). Onde comprar: www.wbeer.com.br

Belgian Witte, da Wäls

Extremamente refrescante e elaborada com especiarias diversas. Coloração amarelo claro, turvo. Aroma cítrico e condimentado que remetem a especiarias como a pimenta da jamaica e laranja da terra. De corpo leve, com espuma consistente e cremosa. Preço sugerido: R$ 15,90 (600ml) e R$ 8,90 (300ml). Onde comprar: www.emporio.com

Wit, da Hoegaarden

As sementes de coentro e raspas de casca de laranja lhe conferem um gosto refrescante e suave, e ao mesmo tempo doce e levemente cítrico. Preço sugerido: R$ 9,90 (330ml). Onde comprar: www.emporio.com

Weisse, da Patagonia

As notas de laranja, limão e abacaxi equilibram perfeitamente o aroma e o sabor refrescante e pouco adocicado desta cerveja. Preço sugerido: R$ 16,90 (740ml). Onde comprar: www.emporio.com

Witbier Acerola, da Blondine

Além da casca de laranja, característica do estilo, a Blondine adicionou acerola e intensificou a acidez da cerveja. Preço sugerido: R$ 22,50 (garrafa de 500 ml). Onde comprar: Crazy 4 Beer – R. Antônio de Macedo Soares, 1704, São Paulo

011, da Votus

Apresenta paladar seco, é extremamente refrescante, levemente maltada e tem delicado amargor. A utilização do caju dá uma suavidade e identidade única a essa wit de 4,5% de teor alcoólico e 15 IBU. Preço sugerido: R$ 11,50 (garrafa de 300 ml). Onde comprar: Eataly, Coop, Sonda, Empórios

Grand Cru, da DUM Cervejaria

Para desenvolver essa “double witbier”, foi adicionado mais malte caramelo e as raspas de casca de laranja fresca e coentro mantidos. Com 8,8% de álcool e 35 IBU, a Grand Cru agrada a paladares não acostumados com lúpulo e que procuram uma cerveja com final mais doce. Preço sugerido: R$ 21 (Curitiba) e R$ 25 (São Paulo) (garrafa de 355 ml). Onde comprar: lojas especializadas nas duas cidades

Wit Bear, da Cervejaria Tormenta

Com 5% de teor alcoólico e baixo amargor, é uma cerveja rica em aromas e sabores incríveis, de alta drinkability e muito refrescante. Preço sugerido: R$ 17 (Curitiba) e R$ 19 (São Paulo) (garrafa de 355 ml). Onde comprar: nas lojas do mercado municipal e melhores lojas de cerveja de Curitiba e Frank & Charles, em São Paulo.

Witbier, da Union Beer

Cerveja estilo belga com adição de dois tipos de cascas de laranja, cascas de limão siciliano e sementes de coentro em sua composição. 4,7% volume alcoólico. Preço sugerido: R$ 30 (750 ml). Onde comprar: lojas especializadas, lojas on-line, bares e restaurantes

Blanche de Curitiba, da Bodebrown

A Blanche foi desenvolvida com a intenção de unir aromas levemente frutados e condimentados com especiarias e notas cítricas. Como inspiração, as Bière Blanche ou Witbier da cidade de Hoegaarden, Bélgica. Seu teor alcoólico é de 5,5%. A cerveja foi premiada com medalha de ouro no Festival Brasileiro de Cervejas em Blumenau, em 2013. Preço sugerido: R$ 19 (garrafa de 330ml). Onde comprar: loja.bodebrown.com.br/unidade-blanche

Whitie Dog, da Cervejaria Invicta

Cerveja clara, com turbidez aparente, espuma persistente. O aroma tem notas que lembram grãos, um certo dulçor, cítrico que remete ao limão e condimentado. O amargor é baixo e o sabor segue o aroma. Muito refrescante, alto drinkability, corpo médio. 5,2% teor alcoólico. Preço sugerido: 20,90 (garrafa de 500 ml). Onde comprar: www.invictacervejaria.com.br

Preguiça, da Mea Culpa

Uma witbier com camomila e dry hopping de Sorachi Ace. 5% de teor alcoólico e 11 IBU
Preço sugerido: R$ 28 (garrafa de 355 ml) Onde comprar: Bar da Avareza, Sinnatrah Cervejaria Escola, EAP

Tangerine, da Cervejaria Küd

Uma cerveja super refrescante, de cor pálida e de carbonatação média-alta. Produzida com maltes de trigo e cevada, além do lúpulo, leva ainda cascas de laranja e sementes de coentro em sua receita. Preço sugerido: R$ 22 (garrafa de 600 ml). Onde comprar: http://www.cervejariakud.com.br/onde-encontrar

Witbier, da Berggren

Cerveja do estilo Belga Witbier, de coloração amarelo pallha, turva e com boa formação de espuma. Apresenta, notas cítricas, provenientes da laranja e do limão e condimentadas, provenientes do coentro. Preço sugerido: R$ 15,90 (garrafas de 500 ml). Onde comprar: Empório Vignamazzi (Av. Gen. Ataliba Leonel, 2343 – Vila Guilherme – SP)

Ziggy Witginger Lemon, da Zapata

Inspirados pela caipirinha, a cerveja combina cítrico fresh do limão Taiti ao picante gengibre. Teor alcoólico de 4.6%. Preço sugerido: R$ 30,90 (garrafa de 300 ml). Onde comprar: Soul Botequim. www.soulbotequim.com.br

Ziggy Witspice Orange, da Zapata

Cerveja combina laranjas, pimentas malaguetas e coentro. Teor alcoólico: 5.4%. Preço sugerido: R$ 30,90 (garrafa de 300 ml). Onde comprar: Soul Botequim. www.soulbotequim.com.br

Busanfe Blanche, da Urbana

Elaborada com malte de trigo e aveia, a artesanal é uma autêntica Witbier, estilo de cerveja belga que leva este nome por conta de seu aspecto claro. Com amargor na casa dos 11 IBUs e 4,8% de teor alcoólico, a é uma cerveja leve e de alto drinkability. Preço sugerido: R$ 20 (garrafa de 300 ml). Onde comprar: empórios e lojas especilizadas

Sobre a autora

Juliana Simon é jornalista da Universa, sommelière de cervejas, mestre em estilos e especialista em harmonização pelo Instituto da Cerveja Brasil.

Sobre o Blog

Representando quase metade do mercado consumidor da cerveja, as mulheres estão conquistando espaços inéditos neste mundo. Seja como mestres cervejeiras, sommelières, “confrades” ou apaixonadas pela bebida mais popular do Brasil e do mundo. É o espaço para dicas, novidades, provocações e reportagens descontraídas para quem já adora ou quer saber mais sobre este universo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Universa
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Siga o Copo
Topo