Siga o copo

PUBLICIDADE
Topo

Siga o Copo

Cerveja brilha nos bons drinques - e vai muito além da Michelada

Conteúdo exclusivo para assinantes

Juliana Simon

20/11/2017 10h11

Summer Session e Tot (Foto: Raphael Criscuolo)

Se você ama cerveja, pode dar uma variada além dos infinitos estilos. Se ainda não foi conquistado pela bebida, tem mais uma chance para provar e – Deus queira! – se apaixonar. Aqui e ali, nossa queridinha tem feito bonito no mundo da coquetelaria.

Até pouco tempo, o que muita gente conhecia era a mexicana Michelada, que combina suco de tomate com cerveja. Se você já é um mestre dos shakers, licores, cubos de gelo e combinações cheias de charme, aqui tem esta e mais quatro receitas de drinques cervejeiros.

Porém, se você gosta mesmo é de babar com a criatividade e manobras de bartenders, oportunidades não faltam.

Artesanal mineira em drinks paulistanos

Com presença ainda bem tímida, essas misturas ganham mais uma chance de arrebatar consumidores com o Wäls Cocktail Sessions, uma ação da cervejaria mineira em parceria com 10 bares e restaurantes paulistanos e seus bartenders.

"Drinques com cerveja já são uma tendência em outros países. Esta é uma forma de convidar quem não aprecia cerveja a consumi-la de uma nova forma e, para quem já é fã, descobrir outros sabores, texturas e aromas que uma cerveja é capaz propiciar no preparo de um drinque", explica José Felipe Carneiro, sócio fundador da Wäls.

Mas vamos ao que interessa…os bons "drink"

Em parceria com a Drink Design, os bartenders foram desafiados a elaborar drinques com algum dos rótulos da marca.

No Guilhotina, por exemplo, Marcio Silva serve o Tot (R$ 29) feito com uma redução (que é engrossar o líquido pelo calor) da IPA Wäls Impetus, rum, cachaça, bitters de chocolate e vinho Pedro Ximenez defumado. Para o Evvai, Adriana Pino criou o Dubbel Ginger (R$ 32), que leva suco de pêssego, calda de gengibre e suco de limão e redução de Wäls Dubbel. No Esther Roof Top, a novidade é o Summer Session (R$ 31), mistura de gin, suco de limão tahiti, suco de laranja e xarope de capim limão, finalizado com a Session IPA Wäls Session Citra.

O coração deste blog bateu mais forte, porém, pelo Carpatos (R$ 35) – elaborado por Rafael Domingues, do Clos Restaurante. Em redução, a potente Russian Imperial Stout Wäls Petroleum ganhou novos sabores combinada a licor Saint German, suco de limão siciliano, gin mexido com gelo e filtrado antes de servir.

Lista completa de bares participantes

Brown Sugar, com o drinque Pink Beer (R$ 28), elaborado por Adriana Pino
Clos Restaurante, com o drinque Carpatos (R$ 35), elaborado por Rafael Domingues
Drosophyla, com o drinque de mesmo nome (R$ 36,50), elaborado por Ademir Silva
Esther Rooftop, com o drinque Summer Session (R$ 31), elaborado por Junior Oliveira
Evvai, com o drinque Dubbel Ginger (R$ 32), elaborado por Adriana Pino
Guilhotina, com o drinque Tot (R$ 29), elaborado por Marcio Silva
Ilha das Flores, com o drinque Billy drink (R$ 25), elaborado por Henrique Medeiros
La Macca, com o drinque Birra Fresca (R$ 32), elaborado por Francis Ribeiro Gomes
Sky Hall, com o drinque Décimo Quinto (R$ 32), elaborado por Renan Tarantino
The Sailor, com o drinque Citra Berry (R$ 28,50), elaborado por Jairo Gomes

Sobre a autora

Juliana Simon é jornalista do UOL, sommelière de cervejas, mestre em estilos e especialista em harmonização pelo Instituto da Cerveja Brasil.

Sobre o blog

O Siga o Copo é espaço para dicas, novidades e reportagens para quem já adora ou quer saber mais sobre o universo cervejeiro e de mais bebidas.